Institucional



31.03.2021
Notícias

Mensagem do Ministro Provincial para a Páscoa

Caros confrades, formandos e vocacionados da Província da Imaculada Conceição, das entidades da nossa Conferência dos Ministros Provinciais do Brasil e do Cone Sul e das demais obediências franciscanas, queridas irmãs Clarissas e Concepcionistas, religiosas e religiosos franciscanos, irmãs e irmãos da Ordem Franciscana Secular, juventude franciscana, nossos queridos benfeitores e os tantos irmãos e irmãs que participam de nossa vida e de nossa missão,

a todos vocês, Paz e Bem!

Nas celebrações pascais do ano passado, pouco depois do início da pandemia, celebrávamos a esperança de que “logo, logo,” teríamos virado esta página dolorosa da nossa história. Estávamos nos sentindo presos como Jesus no sepulcro, à espera de que muito em breve ressuscitaríamos com Ele. Mas o tempo passou…  Cada dia a mais, muitas vidas a menos e, entre elas, certamente as de muitas pessoas a quem amamos e com quem convivemos.

Chegamos novamente à Páscoa da Ressurreição, e o tempo de vivermos com Cristo a solitária escuridão do sepulcro que continua a se estender. Nossa esperança tem sido desafiada diariamente. Além da agressividade do vírus, das mortes e de todos os prejuízos econômicos e sociais, atitudes irresponsáveis de orgulho, prepotência e negacionismo se fazem ainda presentes entre nós.

Diante deste cenário, que nos lembra mais a dor da Sexta-Feira Santa do que a alegria da Páscoa, como viver uma profunda experiência pascal?

Em primeiro lugar, precisamos cultivar nossa vida de fé e nossa experiência comunitária. Mesmo com as restrições do distanciamento social, temos muitos meios de nos mantermos unidos com Deus e entre nós. Mesmo que à distância, celebrarmos juntos os mistérios pascais, impulsiona-nos a sermos presença de vida e de salvação uns para os outros. Uma mensagem de ânimo a alguém que esteja passando por perda ou dificuldade, a partilha solidária de uma refeição ou de uma cesta básica a uma família com fome são ações que, para além das palavras, comunicam a Ressurreição.

Outra forte manifestação de cuidado e de vida é a vacina, que já está sendo aplicada. Nosso sonho pascal é que ela chegue o mais rápido possível a toda a humanidade. E ainda não podemos abandonar os cuidados, que já conhecemos, e que, às vezes, por certo cansaço, somos tentados a deixar de lado.

Por fim, viver a Ressurreição significa abraçar um compromisso de mudança no estilo de vida, tanto pessoal quanto comunitariamente. Precisamos vencer o individualismo, trocando o “eu” pelo “nós”; vencer a tentação do consumismo, conscientizando-nos de que não precisamos de muito para uma vida digna e feliz. É urgente que coloquemos o respeito, o cuidado e o serviço como atitudes fundamentais em nossos relacionamentos com as pessoas e com a criação, a nossa casa comum.

Jesus Cristo, o Ressuscitado, deseja ardentemente nos conduzir com ele para fora do sepulcro. Este é o grande dom que recebemos.

Com Ele e unidos entre nós, vamos conseguir superar esta crise sanitária e experimentar a alegria da Ressurreição, a vida nova.

Feliz Páscoa e que Deus vos abençoe! Paz e Bem!
Frei César Külkamp, OFM
Ministro Provincial

Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil

Compartilhe:   

Contato

Endereço

Rua Coronel Veiga, 550 - Petrópolis – RJ | CEP: 25.655-151

Telefone: (24) 2243-9959


Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro das novidades: